sexta-feira, 9 de março de 2012

Algodão doce

Se eu pudesse voltar, para algum lugar, qualquer um... escolheria voltar para os seus braços na primeira vez em que tocaram a minha pele.
Se eu pudesse cantar, a todo pulmão... faria uma música com o seu nome, agradecendo pelo dia que cruzou em minha vida.
Se eu pudesse te salvar do seu próprio precipício... construíria o maior castelo, sem muralhas de proteção, erguido apenas em nossos sonhos vãos.
Se eu pudesse ser sua, por uma última vez...acareciaria suas costas, de leve, como você tanto gosta, como a brisa da manhã.
Se eu pudesse te prender, te soltaria. Pois já moras em mim, no que sou, e mesmo que precisasse ir embora deixaria (daquele seu jeito esquecido) o cheiro no travesseiro, as plantas, as lembranças, o que realmente importa.

Um comentário:

aPitillo disse...

adorei o novo layout lindaaa mesmo...
parabens