sexta-feira, 16 de março de 2012

Viagens: Paris

Não conheço um que não volte do exterior com a maior depressão pós-férias. Dobre a dor se a pessoa já morou por alguns meses fora (suicídio na certa). Mas não vamos falar de coisas ruins e sim de lembranças boas, mesmo sabendo que nenhum dia é igual ao outro e aquela sensação jamais vai se repetir.

Começarei por Paris (já que uma amiga querida vai conhecê-la em menos de 2 semanas). E pretendo não dizer muito em palavras e sim em sensações. Através das fotos abaixo, deixo meu registro de um sábado ensolarado.











DICA: Meu tio e padrinho, a pessoa mais linda deste mundo, também é professor de francês. Quando eu estava indo, me disse: Siga o Rio Sena. Saia de Notre Dame e vá até a Torre. Depois volte pelo outro lado do rio. Passando por todos os museus e cafés. E quando não souber o que fazer, pegue um barco para navegar nas suas águas e apenas contemple. A beleza dos homens, a elegância das mulheres e as luzes da cidade mais romântica que já inventaram.

2 comentários:

Um sonho a dois disse...

Quando conheci a Europa tinha certeza de uma coisa: tinha de ir a Paris, tomar champanhe no alto da Torre Eiffel...demais!!!
Sonho realizado mas é um lugar que ainda vou voltar e quero ficar bastante tempo no meu bairro predileto, o Montmartre- que vista, que bairro alegre, uma festa!!!
Linda recordação bela.

Ah, hj é niver da vovó Manoela, está lá com as filhas Nely e Rosana...bjssssssss

Leca disse...

Tá chegando o dia amiga! Tô ficanod com frio na barriga!