sexta-feira, 13 de abril de 2012

Júlia?

Ontem, me surpreendi com uma amiga perguntando: - Mas quem é a Júlia? E como sempre respondi: - A minha futura filha. Não sabia?


Para quem não sabe, há 4 anos este blog estava surgindo. Começou pela única maneira que encontrei de reunir todos os meus poemas e parar de perdê-los por aí.
Era para ser um diário. Romântico, livre, sem medo dos erros de gramática, sem necessidade de surpreender ninguém ou conquistar ou receber aprovação.

Há 1 ano, quando ganhei uma viagem para Salvador, meu blog foi divulgado. Assim, comecei a ter 300 acessos diários. A Taís, a Amanda, o Matheus e a Tia Cibele continuavam a ler como de costume, mas agora outras 296 pessoas se juntavam a elas.
Por isso, entendi que, assim como eu gostava de clicar nos meus blogs preferidos várias vezes ao dia a espera de novidades, esses meus seguidores não seriam fiéis por muito tempo se eu não estabelecesse uma rotina de posts.

Passei a escrever não só poemas, mas acontecimentos triviais do meu dia a dia, inventava histórias de pessoas que eu nunca conheci ou recriava as minhas de uma maneira mais interessante, até engraçada.

Há 6 meses saí do facebook, então vi no blog uma oportunidade de guardar muito mais do que minhas memórias, mas também as minhas fotos.

O meu interesse por moda também cresceu. E quanto mais revistas eu consumia, mas me sentia na obrigação de passar estas informações para frente. Com o "Joga fora no meu lixo" passei a fotografar as minhas roupas para criar uma interação com os leitores. Isso incentivaria a eu me vestir melhor e ao mesmo tempo estaria aberta a críticas sempre construtivas. Com o "Look do dia" pude mostrar como minhas amigas são lindas e de bom gosto.

Hoje em dia, tenho 50 leitores em média, mas não tenho ideia de quem são (eles nunca comentam). Mas se isto um dia me trouxe preocupação? Nunca. O blog só me traz alegrias.

Quanto a Júlia? Ela irá nascer daqui 2 anos. Em 2014. Será afilhada da Amanda e do Matheus. E já está ansiosa para vir. Espero muitíssimo que goste do seu nome, escolhido 15 anos atrás. Pois eu estou com ela diariamente e há 4 anos continua sendo o meu maior orgulho.

Um comentário:

Um sonho a dois disse...

Ô que saudade dessas duas bebezinhas aí...lembro até daquelas fotos do Praia Clube que viraram pôsters...hummm esse coments já tá virando papo de velhinha, kkkk.

Obs: essa sua certeza de menina me intriga...e se vier um Júlio ou Giulio???)Ser mãe de meninos é assim mesmo, sempre "protegendo" os seus ...mas sei lá a mulher pode ter essas certezas, como eu, que sabia que ia contribuir com as mulheres com belos homens, por fora e por dentro, kkkk.BJcas!!!