quinta-feira, 31 de maio de 2012

Como tirar o visto pros EUA

Para quem não lembra, estou há alguns meses planejando tirar o visto para os EUA http://juliapitillo.blogspot.com.br/2012/04/visto-eua.html
E neste processo, eu dei dicas para um faça você mesmo, simples e eficaz.

Mas hoje chegou o dia (finalmente) e resolvi esclarecer que muita coisa mudou na LEI (dia 7 de maio, pra ser mais preciso). E por causa das novas regras, dei o braço a torcer e aceitei a ajuda de uma profissional para preencher meu formulário DS-60 e marcar minha entrevista.

Agora funciona assim:
São 2 etapas.

Um dia você vai na CASV - Avenida José Maria Whitaker, n° 370, Vila Mariana, São Paulo.
Para tirar uma foto e fazer a impressão digital dos 10 dedinhos.

E no outro dia você vai no CONSULADO - Rua Henri Dunant, n° 500, Chácara Santo Antonio, São Paulo. Para a entrevista justificando o porquê você quer o visto para os EUA.

O meu motivo, todos já sabem, é pra visitar meu irmão em Vancouver e se der conhecer Seatle, uma cidade que fica há 2 horas de lá (escolhida por ser a cidade dos EUA mais próxima da casa do meu irmão).

Por isso requeri o visto B1/ B2 que corresponde a Business / Personal. Pode parecer estranho, mais a tradução literal é Negócios ou Lazer. Se dependesse de mim eu teria colocado a opção Tourism / Medical Treatment - olha como estava equivocada (por isso, às vezes é bom aceitar ajuda).

Hoje eu levei 20 minutos para chegar no local e mais 40 para ser atendida. A primeira coisa que fiz foi entrar na única fila a direita (antes que ela começasse a virar o quarteirão). Depois uma mulher passa gritando: - Quem for do horário de meio dia e 15 forme uma nova fila a esquerda. Passado 5 minutos ela voltou: - Quem for do horário de meio dia e meia vá para nova fila a esquerda. Conclusão, se eu tivesse ficada paradinha na porta esperando a mulher gritar não precisaria ficar correndo de uma fila pra outra. Caso você chegue em cima da hora (ou meia hora antes, como sugerido) já pode entrar na fila da esquerda, é a correta.

Logo na entrada, só deixam você passar se mostrar a folha que está escrito seu horário de agendamento. E já lá dentro uma segunda triagem, separando apenas 2 folhas - uma que tem sua foto e esta com seu agendamento. Aí você pega uma fila e uma terceira pessoa passa perguntando se é o seu primeiro visto para os EUA. Como eu disse que sim, continuei naquela fila. Depois, no balcão, outra pessoa pega o seu passaporte, registra no computador a data da sua entrevista no consulado, bate um carimbo e te manda pra o primeiro andar. No primeiro andar, a mulher pede seu passaporte, pergunta seu nome e data de nascimento (para conferir se é você mesmo), pede para colocar os cabelos para trás da orelha e se tiver com brincos grandes, retirar. Aí tira 2 fotos. Depois pede pra tirar a aliança. E é a vez da impressão digital. Primeiro a mão esquerda (os 4 dedos). Depois a mão direita (os 4 dedos). Por último, você levanta da cadeira pra pressionar melhor os 2 dedões ao mesmo tempo. E pronto, tá liberado para voltar pra casa.

No outro dia, acordei 5h da madrugada, ficamos prontos às 5h30 e o carro que nunca deu trabalho resolveu não pegar. Tudo bem que eu também tava achando cedo demais, mas não vai me faltar numa hora dessas, né carrinho? Como o nego diz, viver é melhor com emoção.

Chegamos às 7h no Consulado e já fomos direto para fila externa, atrás de umas 300 pessoas. Foi quando começou a chover. Eu não sei de onde aquelas pessoas vieram, mas, imediatamente, surgiram 5 vendedores de guarda-chuva por 20 reais. E ainda gritavam assim: - Essa chuva vai engrossar e o preço vai subir. Vocês não vão querer molhar o passaporte.

Eu não aguentava parar de rir, mas tinha que ser revistada pra passar pra próxima fila. Nesta fila eles pegam a sua folha de agendamento e grampeiam um cartão laranja na última folha que sobrou com você (uma que tem sua fotinha).

A próxima etapa foi entrar de 4 em 4, tirar casacos e guardar tudo em uma pasta para passar na revista de raio-x (como se fosse no aeroporto).

De lá, eles te mandam novamente pra chuva, onde você pega outra fila para entregar seu passaporte e receber uma senha. Eles perguntam se é sua primeira vez nos EUA.

Com a senha você é mandado para o centro do galpão, com mais 700 pessoas te espremendo, e números aparecendo na tv totalmente foras de ordem. Você se sente em um bingo, mentalizando que, com sorte, será o próximo a ser chamado. Neste vuco-vuco levei 1 hora e meia.

Enfim, senha chamada, você vai pra um guiche pegar seu passaporte novamente. Aí eles te mandam pra fila de impressão digital. Você deve estar estranhando. Sim, eu já tirei minhas impressões digitais ontem, mas hoje tive que colocar minha mãozinha lá novamente só pra confirmar que sou eu.

Aí finalmente, te mandam pra fila de entrevista. Mesmo com 11 guiches abertos, nesta fila você demora 50 minutos. Fomos atendidos por um negro, super simpático que nos deu bom dia e fez as seguintes perguntas:
- Vocês já viajaram para os EUA alguma vez?
- Por que estão querendo viajar para os EUA?
- Você trabalha com o que? Qual o seu salário?
- Vocês são casados? Posso ver a certidão de casamento?
Aí ele diz: Parabéns, o visto de vocês foi aprovado. Boa viagem.

Então você vai embora, meio perdido, porque a ficha não cai tão rápido assim, e é só esperar que daqui 7 dias úteis seu passaporte será entregue na sua casa.



2 comentários:

Matheus Pitillo disse...

E essa foto sua chorando no final? HAHAHA. Nossa, foi mal, mas eu ri muito. Porque fui acompanhando a situação descrida no blog, e ai de repente no fim aparece voce chorando HAHAHAHAHA.

Que bom que conseguiu o visto direitinho. EEEE, se tudo der certo, vamos tambem para New York ou San Francisco. <3

Beijao. Te amo!

Alberto Queiroz Silva disse...

Julia, boa tarde!
Olá! Fui quinta-feira no CASV Vila Mariana e, na janelinha onde se coletam a foto e as digitais, a mocinha preenche um carimbo com o número da janela onde a foto foi tirada, a data e o horário da entrevista consular e o tipo de visto. Aí ela inclui uma outra inscriçãozinha lá. Estava em família e no carimbo de cada um ela colocou uma inscrição diferente: "I", "IE" ou "It" e "IW". Alguem sabe o que significam essas inscrições?