quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Nem tudo é como deve ser.

A vida inteira fui mimada. Isto é fato, não dá pra lutar contra o que já aconteceu. Mas nunca fui mimada com presentes, é só fechar os olhos que seus desejos se realizarão, ou você quem manda no pedaço. Meus mimos foram mais do tipo: você é única, você é linda, fazemos questão da sua presença, a neta mais amorosa, a filha mais dedicada, coisas deste tipo. E crescendo cercada destes semi-rótulos sempre fui o que esperavam de mim, dei o meu melhor, andei bem na linha (se é que me entendem). No entanto, não foi porque me casei (ou porque cresci) que vou abandonar a família, o mundo cor de rosa e a redoma de vidro rodeada de flores. Não mesmo. Tenho orgulho de ser mimada e ser cercada de amor. Muito orgulho de não ter nada com o que me preocupar. Nenhum problema para me tirar o sono. Ter certeza de que sempre receberei apoio aonde quer que eu for buscar.

O problema é que quando você resolve se rebelar, dizer: - Eu não tô mais feliz do jeito que está, as pessoas se sentem agredidas, sem entender que não fizeram nada para que isto esteja acontecendo, não são culpadas, muito menos responsáveis, e não precisam passar a mão na minha cabeça com medo de alguma reação. Eu não sou dessas pessoas impulsivas que vão fazer algo inconsequente só para chamar a atenção. E também não vou quebrar, desfalecer de tristeza, fazendo alguns sacrifícios "necessários".

Sei, que mais uma vez, vou adiar minha felicidade em troca da felicidade de quem se preocupa comigo. O que não aceito é vir alguém me dizer que não estou fazendo a minha parte quando fui impedida de fazê-la. Nada vai mudar se minha vida continuar deste jeito, ou talvez mude, talvez eu perca o marido, o emprego, a chance de ter filhos, o joelho... mas tá bom. Deus sabe o que faz.

3 comentários:

Um sonho a dois disse...

"Voei" realmente...mas não importa, o que realmente importa que vc pode contar com meus mimos pois como não mimar uma sobrinha tão queridinha???Saudades....aguardando ansiosa nossa festinha de Natal. bjs!!!

Ellen Pitillo disse...

Titia, vou explicar. Todo mundo está contra minha cirurgia de redução de estômago. Me ligam chorando de casa, dizendo pra eu pensar melhor, esperar mais, tentar métodos naturais uma última vez. E eu não consigo fazer nada se todo mundo não for a favor, entende? Já troquei minhas férias 8 vezes, vou surtar e deixar meus chefes loucos também.

Um sonho a dois disse...

Oh minha querida, o que posso dizer???Consulte seu coração, só ele pode tomar sua decisão. Nunca vc terá unanimidade nas suas decisões...então quem pode decidir é só vc mesmo. Difícil? Muito. Muito mesmo....mas infelizmente é assim mesmo. Mas depois que decidir pode contar com meus mimos, blz? Te amo!!!