quarta-feira, 11 de julho de 2012

Quem quer, se esforça.

Vivo defendendo São Paulo, dizendo o quanto é bom morar aqui (apesar do trânsito), mas é bem neste apesar que morrem todos os meus pezares. Estar na mesma cidade que um amigo e se encontrar com ele de 4 em 4 anos - literalmente - faz parte desta desculpa (o que não deixa de ser uma grande verdade).

Conciliar horários, rotina, interesses para se encontrar com um amigo simplesmente para conversar sobre a vida, ou seja, sem nenhum grande evento na retaguarda como casamento, formatura, festa de 1 ano do filho, parece algo impensado. Por isso, quando temos o impulso não podemos deixar passar.

Neste domingo, resolvemos fazer um almoço no Marco (nhoque a bolonhesa). Como eu estava gripada, a casa dele era o lugar mais aconchegante e o sofá o lugar mais gostoso que eu poderia imaginar.

Obrigada Marco.
Da próxima, quero uma panela de brigadeiro, hein?






Um comentário:

Um sonho a dois disse...

Quando é que essa sobrinha querida vai trazer esse chefe maravilho pra usar a nossa cozinha, a nossa churrasqueira e o nosso freezer cheio de geladas belgas e holandesas, hein?