quarta-feira, 11 de maio de 2011

Crise dos 30

Alguns chamam de inferno astral, no meu caso sei que é a idade chegando. Lembro da época (e não faz muito tempo) em que eu achava os homens de 30 I-DO-SOS. E a sensação era mais ou menos assim: - Que nojo! Nem chega perto.

Ontem uma garota de uns 24 anos pediu informação de uma rua: - A SENHORA sabe onde é a Pamplona?
Três dias atrás um colega do meu irmão me comprimentou todo sem graça: - O Matheus disse mesmo que você viria. Que prazer conhecer a MÃE dele. Estão todos de sacanagem comigo ou realmente devo aceitar que em menos de 1 mês vou fazer 30 anos com corpinho de 47?

Esse ano todos meus amigos fazem ou fizeram 30. Uma vai dar uma festa de "arromba" (o próprio palavreado já revela a idade). Outra entrou em uma depressão terrível com o papo: "vou ser a última encalhada do planeta", "preciso começar a criar gatos".
A terceira brigou com toda a família, com o marido, com o chefe, e entrou para uma igreja e uma academia ao mesmo tempo.
Sei de gente que comprou calcinha modeladora para barriga no canal de fastshop. Uma está tentando ter o terceiro filho. E um que decidiu cair na "gandaia" (olha o termo ultrapassado perseguindo) para aproveitar o tempo perdido. O nego começou a frequentar churrascos de faculdade. E eu escrevi poemas, como se fizesse testamentos, deixando tudo o que um dia fui para todos estes loucos aí em cima.

Nunca pensei que fosse passar por isso. Que a idade um dia ia afetar meu senso crítico a ponto de eu cogitar contar uma mentirinha boba de nada, como: Vou fazer 27. Me pego olhando no espelho. Aos 21 sabia que um peito ia cair bem antes do que o outro. Aos 25 já tinha descoberto meu primeiro cabelo branco. Será que aos 30 ainda dá para reverter o tombo? Escuto o som da TV ao fundo: " A vida é bonita. Mas pode ser linda". E penso: eu quero ser linda. Ainda posso ser linda.

Corro para a o Boticário e compro o perfume que usava nos meus 20 anos. Bom, já é um começo.

4 comentários:

Vanessa disse...

Quando bater essas crises é só lembrar de tudo que vc conquistou nesses 30 anos. Um bom começo...

Matheus Pitillo disse...

E quando aos 21 anos você já achou vários fios brancos? Ou então sabe que se continuar sendo tão ansioso assim não vai chegar nem aos 25? Hahaha.

Por sorte, sempre preferi as pessoas mais velhas. Acho que dá para se salvar sim. Bom texto, aliás.

Beijos. Amo você!

Lorena disse...

EHHH também tou na fronteira! Dia 21/08!

Dizem por aí que os 30 são os novos 20 anos! hehhe

Na verdade o peso vem de um costume cultural ultrapasado, nossos pais e avós casavam com 15 anos..fomos, infelizmente, inseridas nesta lógica que com 30 anos já era pra estar casada, com no minimo 2 filhos, super bem sucedida no trabalho,linda e magra.

MASSS, a nossa geração sai da faculdade aos 23/25 anos, até curtir a vida, estruturar a vida, já deu quase 30. Então, racionalmente, a maioria das vidas que começam aos 30, porque antes é mera experiencia existencial e com grana curta.

Os 30 são uma fase nobre: voce ainda é jovem, diposta, madura, tem grana pra curtir em grande estilo, sabe super bem o que quer e certamente vai se lamentar de nao ter tido a cabeça que vc tem agora, qd tinha 20 anos. " Se isto é estar na pior...pohann"! kkk

Particularmente eu gosto bem mais de mim hoje, bemmmm mais


Sendo assim,parabéns sua real life começa agora! Tears e bons drink pra nós!!

aPitillo disse...

Vc com crise pq acha q está velha de mais..e eu com crises..pq não consigo sair da adolescencia mesmo com 27 anos...acho q o seu é mais normal.. existe menos preconceitos ai..