terça-feira, 17 de maio de 2011

Não é mais um dos mil poemas que já escrevi para você

A cada dia me sinto mais apaixonada por você. Completamente.

Quando você me acorda com um abraço e eu respiro você demorado, misturando meus reflexos lentos com o cheiro de gente no quarto, fica um silêncio que gosto de preencher olhando para os seus compridos cílios.

Depois me sento, vestida de edredon verde (faça frio ou calor), e começo a perguntar como foi o seu dia, o que aprendeu de bom e principalmente o que gostaria de me ensinar.

Você responde com uma cara de menino que ganhou um carrinho de rolimã e está descobrindo um mundo completamente encantado. E eu permaneço ali, vidrada em cada movimento dos seus lábios e rindo dos nomes dos pratos com sotaque francês que você não consegue decorar.

A gente conversa por uns 3 minutos porque você não se sente no direito de roubar o meu sono, mas não tem ideia de que para mim aqueles instantes que fazem valer todo o meu dia. Um sonho bem melhor do que se eu estivesse dormindo. O momento que lhe tenho ali, por inteiro, dedicado a mim (falando, ouvindo ou simplesmente parado me observando babar no travesseiro).

Falamos do cotidiano, das contas a pagar, do que comi na janta, da roupa no varal, da vizinha barulhenta, dos colegas no trabalho, de como a casa está suja, do tempo que corre violentamente, e quando vejo esqueci de lamentar as saudades que sinto TO-DOS-OS-DI-AS.

Porque quando olho para você só consigo pensar: - Como este moço pode ficar ainda mais lindo com o passar dos dias?

Porque quando te vejo só quero que me enxergue também. Que se lembre de dizer o quanto me ama e que seja sincero com seus sentimentos mesmo se esquecer de dizer as palavrinhas mágicas.

Porque quando estou com você, frente a frente, carne a carne, sei que não tenho tempo para cobranças, só para agradecê-lo por voltar para casa, por ser meu marido e ter escolhido o meu lado para envelhecer.

Só por isso não demonstro toda minha carência, todo meu ciúme, toda a sua falta. Porque quando você chega, tudo volta a ser como deve ser: preenchido, sem dores.

Uma menina que já entendia o amor mas que de uma hora para outra se perdeu e voltou a ficar APAIXONADA.

Um comentário:

eckzem goiania shopping disse...

Meo Dededeussss.... Que lindo!